• Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

VOCÊ SABE O QUE É A HUMANIZAÇÃO?



A humanização do parto.


A humanização é o conceito atribuído ao movimento que visa resgatar em nossa sociedade moderna, as condições próprias do ser humano, que acabaram, dependendo da linha que se segue, sendo esquecidas.


O movimento da humanização está em tudo. É relacionado ao resgate do respeito, acolhimento, privacidade, compartilhamento de informações reais e a segurança. É uma busca por uma sociedade onde existe mais ajuda, colaboração e proximidade.


Quando falamos em humanização do parto, é simplesmente atribuir essas características do ser humano ao atendimento. É respeitar a gestante e parturiente, empoderando-as de sua gestação e parto, vendo cada uma como um único indivíduo, com suas particularidades e história de vida.


Um dos pontos chave é a autonomia da mulher.

É o fato dela ter suas escolhas respeitadas, ter informação para embasar o seu caminho, ter sua privacidade e participar de cada passo do processo.


Junto a isso, vem a segurança, que está ligada à estudos de medicina baseada em evidências. Que nos dá respaldo para atuar de uma forma comprovadamente mais segura. É observar a naturalidade e a normalidade, utilizando da tecnologia para intervenções exclusivamente quando necessário.


O terceiro ponto no tripé da humanização é transdisciplinaridade, com atendimento 24h por dia, seja em formato de plantão do SUS, de convênio ou de uma equipe particular.


A transdisciplinaridade é a instesecção de funções entre alguns profissionais. Por exemplo, o médico obstetra, a enfermeira obstetra e a obstetriz, ou o médico pediatra neonatologista e a enfermeira neonatal. E uma outra transdisciplinaridade, que não é algo estabelecido ainda, mas eu defendo e acredito, é entre a doula e o anestesista. Isso porque a doula da o suporte físico/emocional, além de utilizar métodos não farmacológicos para alívio da dor, enquanto o anestesista é responsável por ministrar a analgesia ou a anestesia.


A transdisciplinaridade é importante para que o atendimento aconteça 24h por dia, com qualidade, promovendo a integração dos profissionais, cada um em sua área, trocando informações e acompanhando cada mulher de forma única.


Para mim, a autonomia/protagonismo feminino, segurança e transdisciplinaridade é o tripé e elo que sustentam o movimento pela humanização do parto.

75 visualizações

Contatos

  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza

C  Todos direitos reservados à Braulio Zorzella.