• Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

DPP? O QUE REALMENTE SIGNIFICA ISSO?



Primeiro ultrassom. A ansiedade é por ouvir os batimentos cardíacos do seu bebê pela primeira vez, mas mesmo que isso não seja possível logo de cara, toda mulher sai do primeiro exame já com a famosa DPP – Data Provável do Parto.


Mas afinal de contas, o que é isso?

Como é calculada a DPP?


A DPP é um método estatístico que aponta a média de idade gestacional em que os bebês geralmente amadurecem e desencadeiam o trabalho de parto. Se não houver nenhuma patologia com a mãe nem o bebê, o trabalho de parto espontâneo pode ocorrer entre 36 e 44 semanas. Exatamente, até 44 semanas, segundo as novas publicações do ACOG (American College of Obstetricians and Gynecologists)!


Mas segundo o que aponta a Curva de Gauss, um método amplamente usado em trabalhos científicos, a ocorrência mais comum se dá no período apontado no topo da curva gráfica, ou seja, em 40 semanas. Que é exatamente a DPP.



Vale aqui uma pausa…


A DPP significa então o limite da gravidez? O prazo máximo?

Não, muito pelo contrário, porque a medicina não é uma ciência exata.


A cada 1 mil nascimentos humanos, 950 ocorrerão entre 37 e 42 semanas.

Outros 25 serão acima das 42 semanas e 25 serão abaixo de 37 semanas, sem qualquer intercorrência.


Como protocolo, o termo (nome dado ao momento de maturidade do bebê), costuma ocorrer perto desse período de 37 a 42. Porém, 50 a cada mil bebês irão fugir dessa curva tendo tudo dentro da normalidade. Por isso é tão importante avaliar caso a caso. Isso porque a DPP é uma estimativa populacional, mas ela não é a data provável DO SEU filho.


Não leva em consideração características individuais de mãe e bebê.


Portanto, deve apenas servir como um parâmetro.


Como saber então até quando é seguro esperar que o trabalho de parto se desencadeie naturalmente?


É importante avaliar o funcionamento normal da placenta, quantidade de líquido e funções do bebê. Estando tudo bem, gestante e médico podem decidir juntos sobre aguardar até as 42 semanas para iniciar uma indução ou próximos passos, sempre respeitando a segurança e o tempo de cada bebê.


Mais sobre gravidez prolongada aqui.

189 visualizações

Contatos

  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza

C  Todos direitos reservados à Braulio Zorzella.